Quinta, 08 Março 2018 16:46

Granjas comerciais: 80% dos estabelecimentos protocolaram requerimento no ES

Avalie este item
(2 votos)

 

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) recebeu o requerimento de registro de 337 granjas avícolas comerciais, o equivalente a aproximadamente 80% das existentes no Estado. O prazo para entrega da documentação foi oficialmente encerrado no último sábado (03), conforme previsto na Instrução Normativa (IN) nº 008, de 17 de fevereiro de 2017, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

 

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Júnior Abreu, o Instituto vem realizando diversas ações ao longo dos anos para contribuir com o processo de regularização. “Fizemos uma verdadeira força-tarefa, com cursos, reuniões técnicas, palestras, capacitações, participação em feiras agropecuárias, elaboração de cartilha orientativa, entre outras iniciativas, sempre em parceria com a Associação dos Avicultores do Espírito Santo (Aves). A avicultura tem um importante papel social e econômico no Estado, por isso, tanto o Idaf quanto a Aves atuam para garantir que as condições mínimas de biosseguridade sejam implantadas, prevenindo a introdução no Estado de doenças de impacto sanitário e econômico, como a influenza aviária, por exemplo”, explicou Abreu.

 

Os processos serão analisados pelas equipes do Idaf. Em caso de necessidade de adequações, os responsáveis terão um prazo de até 30 dias para promover os ajustes. De acordo com a legislação federal, os estabelecimentos que não protocolaram não têm mais permissão para novos alojamentos até que o núcleo se adeque à legislação. Veja aqui a relação das granjas que estão aptas no Espírito Santo:

 

IDAF

 

Ações do Idaf

 

Em 2016, diante da identificação de muitos processos de registro com inconformidades, o Idaf realizou também atendimento individualizado a produtores e responsáveis técnicos (RTs) de granjas para esclarecer dúvidas e orientar quanto às pendências para regularização.

 

Em setembro de 2017, o Idaf sediou reunião do Comitê Estadual de Sanidade Avícola (Coesa-ES). O encontro contou com a presença do chefe de divisão de sanidade de aves do Mapa, Bruno Rebelo Pessamilio, e de representantes da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Superintendência Federal de Agricultura no Espírito Santo (SFA-ES), entre outros. Na reunião foi tratado exclusivamente sobre o registro, ratificando o prazo de 03/03/2018 previsto na IN Mapa nº 008/2017.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/Idaf

Última modificação em Quinta, 08 Março 2018 19:22