Sexta, 16 Agosto 2019 12:48

Assembleia Legislativa cria frente parlamentar para avicultura e suinocultura Destaque

Avalie este item
(1 Voto)

FRENTE PARLAMENTAR

 

Os setores de avicultura e suinocultura do Estado agora contam com uma representação no poder legislativo após a autorização da criação Frente Parlamentar em Defesa e Fomentação da Avicultura e Suinocultura no Espírito Santo, que foi aprovada pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES), no último mês de julho.

 

 

Tendo entre as metas a ampliação das exportações e a promoção de melhorias da logística para suprimento de insumos agrícolas, a iniciativa foi proposta ao presidente da Casa, deputado Erick Musso, pelo deputado Adilson Espindula.

 

 

O grupo parlamentar também pretende aprimorar a legislação estadual que envolve os dois setores, apoiar a simplificação da carga tributária e a desburocratização de licenças. Além disso, os obstáculos enfrentados pelos produtores capixabas das duas cadeias produtivas estão entre as pautas que serão debatidas pela comissão. 

 

 

A composição da mesa diretora da nova frente parlamentar, que contará com três deputados nos cargos de presidente, vice-presidente e secretário (a) executivo (a), respectivamente, além de nove parlamentares atuando como membros efetivos, será definida nas próximas semanas.

 

 

O diretor-executivo da Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (AVES) e da Associação de Suinocultores do Espírito Santo (ASES), Nélio Hand, falou sobre a importância da criação da frente parlamentar para os dois setores. “Existem vários temas e demandas em nossos setores, muitos deles recorrentes. O apoio político no contexto de vários desses é de suma importância para que possam receber resolução”, afirma o executivo.

 

 

OBJETIVOS DA FRENTE PARLAMENTAR

- Difundir e potencializar as ações nos setores, haja vista que os mesmos movimentam significativamente a economia do Estado;

 

- Promover ações no sentido de aprimorar a legislação estadual, para fomentar o crescimento dos setores, apoiar a simplificação da carga tributária e a desburocratização, além de ações visando inibir a concorrência desleal de produtos de outros Estados;

 

- Incentivar as ações de logística no sentido de viabilizar a movimentação de insumos agrícolas por ferrovia, a partir do Centro-Oeste;

 

- Estimular a realização dos projetos para fornecimento de energia;

 

- Estimular a qualificação profissional, realização de Encontros de Lideranças da Avicultura e da Suinocultura Capixaba;

 

- Acompanhar a desenvoltura da indústria do ovo no Estado do Espírito Santo e ainda;

 

- Acompanhar ações que visam à melhoria do status sanitário do Estado, junto aos dois setores;

 

- Estimular a ampliação das exportações;

 

- Promover os segmentos da Avicultura e Suinocultura, seus produtos em eventos, com a expansão de mercados que possam valorizá-los.

Última modificação em Sexta, 16 Agosto 2019 16:23