Terça, 31 Março 2020 19:15

Quarentena reduz drasticamente demanda por suínos nas principais praças produtoras

Avalie este item
(0 votos)

Na semana passada (22/03 a 28/03), quando o período de quarentena começou a valer oficialmente em vários estados do Brasil, o setor da suinocultura já começou a sentir os efeitos da ruptura da demanda, devido ao fechamento de escolas, restaurantes, lanchonetes, hotéis e demais serviços de alimentação. Ainda na semana passada, suinocultores independentes em São Paulo e Minas Gerais não conseguiram fechar negociação com frigoríficos devido à queda na produção. Em Santa Catarina, também houve dificuldade na comercialização, acompanhada por queda nos preços.

De acordo com o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS), Valdecir Folador, a questão tem afetado principalmente os produtores independentes e os pequenos e médios frigoríficos.

Clique aqui e confira a matéria completa