Quarta, 18 Novembro 2020 19:52

Custo de produção de frango de corte sobe 8,9% em outubro

Avalie este item
(0 votos)

Os custos mensais de produção de frangos de corte calculados pela Central de Inteligência de Aves e Suínos (Cias), da Embrapa Suínos e Aves, tiveram mais um mês de grande elevação. Em outubro, o ICPFrango fechou nos 328,76 pontos, o que representa alta de 8,89% em comparação a setembro. Também é o novo recorde nominal do índice criado em 2011 pela Embrapa e Conab para medir a variação mensal dos custos de produção.

 

O ICPFrango acumula agora 36,33% de alta em 2020 e, na soma dos últimos 12 meses, de 37,43%. A nutrição das aves (7,91%) e os pintos de um dia (0,61%), foram os itens que mais subiram no mês passado. Com isso, o custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou dos R$ 3,90 em setembro para R$ 4,25 em outubro.

 

O estado do Paraná é usado como referência nos cálculos por ser o maior produtor nacional de frangos de corte.

 

Fonte: Avicultura Industrial