Segunda, 10 Maio 2021 16:00

Peru poderá importar carne suína brasileira

Avalie este item
(0 votos)

O Ministério do Desenvolvimento Agrário e Irrigação do Peru (Midagri) aprovou as exigências sanitárias para importação de carne suína do Brasil. Dessa forma, foi autorizada a emissão de Alvará Sanitário de Importação de proteínas.

 

De acordo com as diretrizes estabelecidas, especifica-se que o estabelecimento de origem, o matadouro e pelo menos uma área de 10 km em seu entorno não devem estar em área de quarentena ou restrição à movimentação de suínos no momento da exportação e durante 60 dias antes do envio.

 

Além disso, ressalta-se que o estabelecimento de onde provém o produto deve possuir sistema de rastreabilidade implantado e em operação na cadeia suína, verificado sistematicamente pelo órgão competente brasileiro que permita traçar toda a trajetória da carne, desde sua origem na fase primária até os pontos de sua distribuição e vice-versa.

 

Da mesma forma, é detalhado que a carne deve ser embalada com materiais de primeiro uso. A embalagem conterá no rótulo o nome do produto, o país de origem, o número do estabelecimento autorizado, a data de produção e sua validade, bem como o número do lote para garantir a rastreabilidade até a origem dos suínos importados.

 

Em 2019 o Peru proibiu a importação de suínos e sub-produtos de países afetados pela Peste Suína Africana. A América está livre da doença e é por isso que o Minagri coordena ações com instituições públicas e privadas envolvidas no setor para manter a condição de país livre de PSA.

 

Fonte: Agrolink