Quarta, 21 Abril 2021 04:57

Webinar destaca a produção e as perspectivas para o mercado de grãos em 2021 Destaque

Avalie este item
(0 votos)

Webinar

 

AVES e ASES promoveram para seus associados e parceiros o webinar "Grãos: informações sobre a produção e as perspectivas do mercado", na última segunda-feira (19). A iniciativa deu início ao calendário de capacitações e qualificações das duas entidades e contou com o apoio da Corretora Nacional de Mercadorias (CNM).

 

Sob o comando do diretor executivo das duas associações, Nélio Hand, o encontro contou com as apresentações do sócio-proprietário do Grupo Safras Armazéns Gerais e Safras Biocombustíveis, Pedro de Moraes Filho, e do sócio-proprietário dos grupos Campofert e Camponorte Comércio, Indústria, Exportação e Importação, Manoel da Cruz Neto.

 

Iniciando as explanações, Manoel da Cruz fez um alerta sobre a situação dos mercados mineiro e paulista, enfatizando o trabalho desempenhado nas regiões do Triângulo Mineiro e no Norte do estado de São Paulo.

 

“A grande dificuldade que o mercado mineiro atravessa, principalmente no Centro de comercialização que é a cidade de Uberlândia, é a falta de interesse dos produtores em comercializar o milho. O clima também é um contratempo para os mercados de Minas Gerais e de São Paulo, com as chuvas que eram previstas não ocorrendo, o que nos deixa com um cenário assustador”, enfatizou.

   

Na sequência, Pedro de Moraes Filho, destacou que os problemas enfrentados nos Estados de Minas Gerais e São Paulo, também podem ser vistos nas regiões do Meio-Norte e no Vale do Araguaia, ambas no Estado do Mato Grosso.

 

“O problema da falta de milho não é somente brasileiro, mas de todo o mundo. Os estoques mundiais nunca tiveram nesta situação e em nosso Estado, para se ter uma ideia, em fevereiro de 2020 nós já tínhamos plantado 98% do milho, enquanto que um ano depois só tínhamos 62% da produção plantada. Só chegamos aos 100% neste mês de abril. Isso também é um reflexo da falta de chuvas em nossa região”, explicou.

 

Participante do webinar, o sócio-proprietário da Corretora Nacional de Mercadorias (CNM), José Renato da Silva, agradeceu a parceria com a AVES e ASES em mais um evento e fez um balanço do mercado, já projetando o cenário para o decorrer do ano. 

 

“Agradecemos a oportunidade de estar apoiando o evento que conta com a participação de dois profissionais informados e que atuam no mercado. Tivemos um 2020 de preços elevados, não esperávamos que os valores chegassem ao que temos hoje no mercado, mas estamos passando para os nossos compradores a mensagem de que o melhor preço é a garantia do abastecimento e o pior preço é a falta do produto”, resumiu.    

 

Nélio destacou a participação do público e a importância do evento frente ao tema abordado. “Estamos vindo de um ano de muitos desafios, não só no contexto de pandemia, mas também de abastecimento, onde temos vivenciado um custo muito elevado. Sabemos que esses desafios continuam, mas como entidades representativas buscamos trazer as informações, mostrando para nossos associados as alternativas que podem ser trabalhadas”, acentuou.

 

Ele também frisou que novas temáticas poderão ser abordadas em outros eventos on-line. “Estamos com articulações para trazer representantes de outras regiões produtoras de grãos que possam falar mais sobre este tema, além de outros que abordarão assuntos que sejam da necessidade e da realidade da avicultura e suinocultura local”, finalizou.

Última modificação em Quinta, 22 Abril 2021 13:01